sexta-feira, 28 de abril de 2017

Sim, concordo

Eu é que peço: por favor, me convença. Olha que eu peço com jeito, peço por gentileza, porque preciso, preciso que as pessoas se preocupem em me convencer. Quero poder dizer, com a certeza de quem cresceu em uma das maiores cidades do mundo: eu sou alguém.

Por isso, se tem o próprio valor em alta conta não se sinta inibido, tenta me convencer. Eu consigo horário, trabalho muito mas ouvirei a argumentação, vou admirar o raciocínio. Fico bobo de ver como as pessoas são boas em encontrar formas de convencer. Eu confesso que tais processos me fascinam. Com a calma dos fãs, paro para aprender com a habilidade. Sem discussão: é a maior prova de estima que podem me dar.

No trânsito, por exemplo. Convença-me de que há isenção de culpa, que ninguém bebeu ou olhou o celular, que se calava inocente enquanto dirigia. Nada nada tão difícil, uma pessoa de talento consegue fácil convencer até as autoridades.

Na balada também, ninguém se nega. O papo será com certeza o melhor, mesmo ela já sabe, é tanto conhecimento, tão bem conectado que espanta, é uma enciclopédia, nasceu com a Wikipédia na mente. Eu digo, muitas pessoas ao redor se espantam, mas exagero, não há com o que se espantar, um sujeito que passou pelo que passou, que viveu o que viveu, convencer-me é um favor que faz.

Eu queria ter mais mãos, para bater palmas e ainda cumprimentá-lo ao mesmo tempo, porque esse lance de ter razão é uma qualidade original do gênio. Como se as palavras da pessoa fossem obra da boa vontade de Deus, é uma sabedoria iluminada, um orador, quando esse orador fala, convence qualquer um. De qualquer coisa. 

Sei que não se nasce assim, quem convence dessa maneira costuma enfrentar muitas dificuldades, mas geralmente é um humilde, não tira onda. Convence porque sabe mesmo, estudou para isso, aprendeu a convencer, sou forçado a admitir. Se por acaso ligar, melhor atender, é sorte grande chegando. Excelente negócio na certa, oportunidade, dica preciosa, esteja pronto: o que é bom no mundo sorriu para você.

Só não vá responder errado, dizendo que não concorda. Para que criar um contratempo desse tamanho? Discordar de pessoa como esta... faz até mal para a saúde, capaz de você se preocupar demais sem necessidade, quando ela já veio com a solução.

Bem que me disseram, infelizmente existe quem não tolera o que é perfeito. Sério, não faz assim comigo, não insiste, insistindo desse jeito vai que você me convence. Sempre. Sabe que concordo de graça com você.

Publicada na RUBEM - Revista da crônica. Leia esta e outras crônicas em www.rubem.wordpress.com

Nenhum comentário:

 
;