sábado, 24 de novembro de 2012

O cansaço do mestre





No Caderno Ilustrada da Folha de São Paulo saiu hoje matéria sobre o escritor norte-americano Philip Roth, 79 anos, que nos conta sobre os motivos que o levaram a anunciar a aposentadoria depois de 31 livros e longuíssima carreira. "Não tenho mais a resistência física para suportar a frustração - frustração diária, sem falar na humilhação. Não consigo mais encarar dias em que jogo fora as cinco páginas que escrevi. Não posso mais fazer isso."

Nenhum comentário:

 
;