terça-feira, 13 de março de 2012

A selva e o ovo

A selva inteira mora no ovo
e veio perturbar meu dia
com troncos e folhas bonitas

mas o recado da bendita é pequeno
não requer maior espaço

o cidadão não perdôa suas palavrinhas
nos bicos dos pássaros  

pra me seduzir precisaria ser gigante.

As bocas das mulheres elegantes
deveriam expôr seus assuntos,
e convidar para a gala as azagaias. 

por enquanto seu rio é choro
sem talentos ou ambição

Ah, se fosse alento
para o pescoço duro
no rumo das bundas!

Ah, se fosse alento
para os rostos vidrados
pilotando carros!

a selva é um ovo
nem importância tem

o tesouro está deste lado
ainda a ser encontrado

calmamente ela incendeia,
desaparece do espelho,
some bondosa da vista.

ah, por que tanta maldade, coração?
é que perto de mim vive uma onça...

Nenhum comentário:

 
;