terça-feira, 1 de novembro de 2011

Resenha de "O sorriso do lagarto", de João Ubaldo Ribeiro


João Ubaldo Ribeiro elabora em “O sorriso do lagarto”, Editora Objetiva, 342 páginas, um romance vigoroso, tendo como cenário a ilha de Itaparica.

João Pedroso, herói deste título, é um simples peixeiro ou biólogo? Pescador ou alcoólatra? Estas indagações encontram eco neste personagem complexo, que se encanta por Ana Clara, mulher de um poderoso político local. Os três formam os vértices de um sedutor triângulo amoroso, suas emoções examinadas pelo olhar minucioso de Ubaldo.

Como pano de fundo, somos apresentados ao atualíssimo debate entre ética e ciência, pois na mesma ilha são feitas estranhas experiências genéticas. Criaturas inverossímeis são avistadas inesperadamente pelos moradores de Itaparica. O que são elas? São humanas ou animais? As conclusões tomam de assalto as idéias de seus personagens. Discussões filosóficas como o lugar do homem na sociedade, a natureza de Deus, e nossa obrigação como seres conscientes afloram.

“O sorriso do lagarto” foi adaptado para tevê pela Rede Globo em 1990. É uma obra de lavra rara. Obrigatória para quem quer conhecer o fascinante imaginário de João Ubaldo, nosso imortal da ABL.

Um comentário:

Ricardo disse...

Muito bom esse romance...

 
;