segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Processos

Segue o processo, diz o servidor
e a rotina se estabelece.
Estou em casa,
atento contra ela
e me destaco mais uma vez
do cotidiano
para abraçar
a confecção do poema.
Por isso tantos pássaros
a rondar a janela
próximos de onde os crio.
Por isso tantas mulheres
a se firmar nas linhas
onde me fixo.
É preciso tirar a rotina do dia
e cravar o homem no poema.
Assim se cria.

Nenhum comentário:

 
;